Os nossos 100 milhões de usuários ativos variam desde os apaixonados que adotaram a ferramenta desde o começo até os recém chegados. Entre eles estão:


Líderes. 35 chefes de estados de todo o mundo usam o Twitter como a principal forma para comunicarem-se com os seus eleitores, desde de @dilmabr a pesidenta do Brasil à Cristina Fernandez Kirchner, @CFKArgentina. No Brasil, boa parte dos Ministros também são Tweeteiros, como o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, @padilhando e o Ministro das Comunicaçõe, Paulo Bernardo, @Paulo_Bernardo. Há também governadores como o governador do Ceará Cid Gomes, @cidfgomes e prefeitos, como o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, @eduardopaes_. Mais de 40 por cento dos líderes religiosos do mundo estão no Twitter, incluindo o @DalaiLama e o Papa, que enviou o seu primeiro Tweet através da conta @news_va_en em junho.


Atletas. A maioria dos jogadores profissionais de futebol do Brasil estão no Twitter, além dos técnicos dos principais times. Nos EUA, praticamente todos os times das ligas NFL, MLB, NBA, NHL e MLS tweetam, da mesma forma que os jogadores de cricket da Índia e muitos outros atletas de todo o mundo. Fãs e comentadores também participam desta conversa, que é uma das mais animadas no Twitter.


ONGs. Além disso, quase todas as 300 organizações sem fins lucrativos mais conhecidas estão no Twitter. Recentemente, em respostas ao Furacão Irene, @Fema criou uma lista especial de contas para seguir para obter atualizações oficiais, equanto a @redcross criou listas de voluntários oficiais para ajudar em turnos de quatros horas espalhando as últimas informações a aqueles afetados pela tempestade. No Brasil, os Médicos Sem Fronteiras, usaram a sua conta no Twitter @MSF_brasil para passar informação sobre onde as pessoas na região serrana do Rio poderiam obter ajuda, no começo do ano.


Entreterimento. 87 por cento dos Top 100 músicos da BillBoard em 2010 estão ativos no Twitter, conectando-se com seus fãs. Mais de 70 por cento dos top 50 filmes produzidos em 2011 tiveram um dos seus atores principais no Twitter. E quem não gosta de uma boa dose diária de hilaridade do seu comediante favorito? Contas como @rafinhabastos, @marceloadnet0 e @TomCavalcante1 nos mantêm rindo.


Jornalismo.  Grandes jornais como @JornalOGlobo, @estadao e @folha_comusam ativamente o Twitter para completar os seus esforços de comunicação com o público. Jornalistas compartilham coberturas direto da linha de frente, como o reporter do New York Times Brian Stelter durante a sua cobertura em Joplin, MO sobre o tornado que atingiu a região em maio. Há também cidadãos comuns que promovem uma cobertura com uma visão particular dos fatos, como o caso da cobertura promovida pela conta @vozdacomunidade durante a ocupação do complexo do Alemão no Rio de Janeiro no ano passado.

Graças a todos vocês, nós temos 100 milhões de razões para comemorar.